Osteotomia é uma cirurgia realizada para corrigir deformidades angulares dos membros inferiores.

O joelho normal pode ser alinhado, varo (em “X”) ou valgo (joelhos afastados). Além do recurvatum, que é ajoelho arqueado para trás.

Deformidades exageradas podem ocasionar dores e sobrecarga do lado do joelho que se encontra comprimido, ou seja, no joelho varo a dor é medial e no joelho valgo a dor é lateral.

 As osteotomias estão indicadas, quando a dor é intratável, ou já está causando artrose em um dos compartimentos, medial ou lateral em pacientes jovens que ainda não se enquadram na indicação de artroplastias.

Deformidades em varo devem ser corrigidas na tíbia e em valgo no fêmur, para no final da correção a interlinha articular do tornozelo se mantenha alinhada com a interlinha do tornozelo, equilibrando as forças axiais.

A osteotomia valgizante (joelho varo) é realizada na tíbia proximal, e pode ser com cunha de abertura, por incisão medial, (fixação com placa de Puddu ou Tomofix e colocação de enxerto) ou com cunha de fechamento, via lateral (fixação com parafusos + fios de cerclagem).

A osteotomia varizante (joelho varo) é realizada no fêmur distal. Também pode ser com cunha de abertura ou de fechamento, com fixação com placas.

As osteotomias valgizantes são bem mais freqüentes e fáceis de realizar.